sexta-feira, agosto 01, 2008

Pai contra Mãe

O conto Pai contra Mãe é uma narrativa em terceira pessoa, que ocorre no Rio de Janeiro nos tempos do Império. A narrativa explicita uma realidade deixada pela escravidão. Machado explicita a miséria humana, por meio dos dramas paralelos de um pai contra mãe, lutando por duas vidas, em que o indivíduo é capaz de aplacar sua consciência, mesmo tendo cometido o maior dos crimes, justificando a troca de uma vida pela outra. Para ler o conto clique aqui.

2 comentários:

Edileusa Regina disse...

Oi, Jorge:

Mas um ponto sextuplo para você, que sempre nos surpreende com sua inteligência aguçada e uma brilhante sagacidade. Que bom despertar aos acordes sublimes de Machado de Assis. Parabéns pelo blogue. Ganhamos nós com um espaço inteligente nesta rede virtual de relações humanas, mas que pode e sempre é possível ser também uma rede de conhecimento e fortes vínculos afetivos e intelectuais. um abraço, edileusa pena

Gabriel George disse...

O conto é realmente interessante. Expressa um preceito muito difundido na sociedade da época e até mesmo no contexto atual: o de que há vidas que valem mais do que outras. Explicita um pensamento quase involuntário do ser humano de que deve salvar-se de tudo e de todos, acabando com tantos outros no processo

http://anima-vita.blogspot.com